A dor de cabeça pode diminuir na gravidez?

Publicado em 15/04/2020

 Causas

Durante a gravidez os níveis dos hormônios femininos que causam a dor de cabeça na TPM podem sumir.

A dor de cabeça causada em mulheres por motivos hormonais pode diminuir durante a gravidez, devido ao equilíbrio hormonal nesta fase. Ao contrário da TPM e da menopausa, durante a gestação, mulheres que sofrem de cefaleia migrânea, um dos tipos de dor de cabeça, sentem melhora e até mesmo o desaparecimento do sintoma. Entenda melhor!1,2

Tipos de dor de cabeça durante a gravidez

Ao abordar a dor de cabeça na gestação, é importante ter em mente que existem três possibilidades: a mulher ter dores de cabeça antes de engravidar e elas cessarem durante a gravidez, ela não possuir dor de cabeça e começar a sentir o sintoma ao engravidar e, por último, possuir um tipo de dor de cabeça antes de ficar grávida e acabar desenvolvendo outro tipo durante a gestação.1

Melhora da dor de cabeça na gravidez

No caso das grávidas que sentem uma melhora ou até mesmo o sumiço da temida dor de cabeça durante o primeiro trimestre da gravidez, o grande responsável é o hormônio estrogênio. Durante a gravidez, os níveis de estrogênio aumentam, causando a inibição da dor de cabeça. Já durante a menstruação, acontece o oposto. Os níveis de estrogênio caem rapidamente e a dor de cabeça pode ser mais frequentemente sentida.1

Grávidas estressadas podem sentir mais dores de cabeça

Isso acontece porque a cefaleia tensional - a dor de cabeça sentida devido ao estresse - é a menos afetada por hormônios. O estrogênio que causa o alívio da dor de cabeça migrânea, que também está associada à TPM, por exemplo, não vai conseguir controlar o sintoma relacionado ao estresse psicológico durante a gravidez. Por este motivo, mulheres que anteriormente sofriam com a cefaleia migrânea podem deixar de senti-la, mas podem passar a sentir dor de cabeça devido o estresse.1,2

Cuidados a mais

Durante a gravidez todo cuidado é pouco pela saúde da mãe e do bebê. A dor de cabeça pode, sim, diminuir por questões hormonais, mas pode surgir devido ao estresse e à ansiedade gerada pela gestação. Nessa fase tão bonita e importante, é preciso tomar cuidado redobrado com a alimentação, diminuir o consumo de cafeína e praticar exercícios físicos leves para evitar dor de cabeça e garantir uma melhor qualidade de vida e uma gestação mais tranquila para mãe e filho.1

1. MELHADO, Eliana Meire. Cefaleia na gestação. 2005. 235p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Acesso em 09 de Março de 2020.

2. Ribeiro, R. L., & Carvalho, D. de S. (2019). Cefaléia Associada aos Ciclos Hormonais da Mulher. Revista Neurociências, 8(3), 93-98. Acesso em 09 de Março de 2020.

Tags:

  dor de cabeça

  gravidez

Este artigo foi útil?
Sim
Não
Usuários que acharam esse artigo útil:

Recomendados para você