Doenças bacterianas podem ser o motivo das dores de cabeça?

Publicado em 13/01/2021

 Causas

As doenças bacterianas existentes são inúmeras, assim como seus sintomas e efeitos. Algumas delas têm, inclusive, ligação com as dores de cabeça.

Doenças bacterianas são aquelas, como o próprio nome diz, causadas por bactérias. O contágio se dá pelo consumo de alimentos e/ou água contaminados e pelo contato com pessoas doentes. Evitar o contágio, na maioria das vezes, é simples, já que a higiene pode ser uma grande aliada contra as bactérias. Por isso, tanto a higiene pessoal quanto a dos alimentos deve ser feita com atenção.1

Para que dores de cabeça causadas por elas não surjam e, para que seja mais fácil o reconhecimento de possíveis sintomas gerados por bactérias, é muito importante o conhecimento de alguns casos e a procura de um profissional de saúde. 

Quais tipos de doenças bacterianas podem causar dores de cabeça?

Para ter uma confirmação de qual é a doença ela desencadeia, é essencial o diagnóstico de um médico. Somente ele saberá indicar os exames para detecção e o tratamento adequado para cada tipo.

O número de bacterianas, além de ser grande, não é fixo, já que o mapeamento é constante. Porém, existem alguns casos mais recorrentes que possuem como sintoma a dor de cabeça, são eles:

Meningite: os casos de meningite bacteriana mais comuns são causadas pelas bactérias meningococos, pneumococos e Haemophylus.

  • Sintomas: febre alta, dores de cabeça e na nuca, vômitos, mal-estar e dificuldade de encostar o queixo no peito.
  • Tratamento: em geral, é feito com o uso de antibióticos, mas dependendo da bactéria existe tratamento com vacina.
  • Prevenção: evitar ambientes abafados com aglomeração de pessoas, lavar bem talheres, pratos e copos.3

Encefalite: inflamação no encéfalo, podendo ser acompanhada de uma meningite bacteriana. 

  • Sintomas: febre, mal-estar, dor de cabeça intensa, convulsões, diminuição do nível de consciência e sonolência excessiva. 
  • Tratamento: em geral, antibiótico e medidas para aliviar os sintomas.
  • Prevenção: não há uma maneira específica, o ideal é evitar complicações que podem desencadeá-la, como a sífilis, por exemplo.4

Além disso, outras doenças menos comuns também podem trazer a dor de cabeça como um dos possíveis sintomas, como:

Brucelose: causada por bactérias do gênero Brucella. 

  • Transmissão: pelo contato com animais infectados ou ingestão de alimentos de origem animal que estejam infectados.
  • Sintomas: calafrio, dor de cabeça, cansaço e febre.
  • Tratamento: antibiótico, repouso e hidratação.
  • Prevenção: lavar as mãos após contato com animais, ingerir carnes bem passadas e ferver o leite antes de beber.1

Tétano: doença infecciosa grave causada pela bactéria Clostridium tetani que ataca o sistema nervoso central, por isso, o tratamento precisa ser feito com precisão. 

  • Transmissão: por pequenos cortes ou feridas que entraram em contato com fezes, plantas e objetivos enferrujados infectados pela bactéria.
  • Sintomas: dor de cabeça, rigidez dos músculos, febre, espasmos musculares e dificuldade de abrir a boca.
  • Tratamento: relaxante muscular e antibiótico.
  • Prevenção: vacinação e limpeza cuidadosa das feridas.1

Salmonelose: uma infecção gastrointestinal provocada por bactérias do gênero Salmonella, da família Enterobacteriaceae. 

  • Transmissão: ingestão de alimentos contaminados, principalmente, carnes de aves mal passadas, ovos e água.
  • Sintomas: cólica, diarreia, dores de cabeça e abdominal, febre e vômito.
  • Tratamento: hidratação e, caso o quadro se agrave, antibiótico.
  • Prevenção: consumir alimentos bem lavados e cozidos, beber leite sempre fervido e lavar bem as mãos antes das refeições.1

Febre tifoide: doença bacteriana causada pela bactéria Salmonella enterica sorotipo Typhi. Seus casos estão, em sua maioria, em lugares com más condições de saneamento básico e higiene pessoal e ambiental.

  • Transmissão: ingestão de água ou alimentos contaminados.
  • Sintomas: febre alta prolongada, dor de cabeça, náuseas, falta de apetite, mal-estar geral e vômitos. Em alguns casos, há prisão de ventre e diarreia. Também pode haver risco de hemorragia abdominal e infecção generalizada. 
  • Tratamento: repouso, alimentação à base de líquido e antibióticos.
  • Prevenção: manter hábitos de higiene, lavar e cozinhar bem os alimentos antes do consumo, evitar lugares com casos da doença.1

Sífilis: é uma infecção causada pela bactéria Treponema pallidum.

  • Transmissão: por contato sexual e também pode ser passada da mãe para o bebê durante a gravidez, parto ou amamentação.
  • Sintomas: dor de cabeça, náuseas e vômitos, confusão mental, rigidez na nuca, e dificuldade de enxergar ou perda de visão.
  • Tratamento: antibiótico.
  • Prevenção: utilizar proteção durante o ato sexual.2

Sem dor de cabeça e sem bactérias

Como visto acima, são muitos os casos, porém a prevenção para a maioria deles é comum: higiene pessoal e atenção aos alimentos ingeridos. Já o tratamento deve ser realizado com medicamentos sob prescrição médica. É de suma importância lavar bem os alimentos, cozinhar as carnes, ferver o leite e a água utilizados na alimentação. 

Para algumas doenças decorrentes de bactérias já existe vacina contra seu contágio, por isso, também é fundamental estar com a carteira de vacinação em dia para evitar a manifestação da doença.1

Consulte um médico caso você se identifique com algum dos casos. Cuide da sua saúde para ficar o máximo de tempo possível sem complicações e sem dores de cabeça.

1. Site Toda Matéria. Doenças causadas por bactérias. Acesso em: 19 de outubro de 2020. 

2. Hospital Albert Einstein. Sífilis. Acesso em: 19 de outubro de 2020.

3. Hospital Albert Einstein. Meningite. Acesso em: 19 de outubro de 2020.

4. Hospital do Coração. O que é encefalite? Acesso em: 12 de novembro de 2020.
 

Tags:

  bactérias

  doenças bacterianas

  dor de cabeça

  dores de cabeça

  doenças

Este artigo foi útil?
Sim
Não
Usuários que acharam esse artigo útil:

Recomendados para você