Dor de cabeça e outros efeitos colaterais de remédios

Publicado em 09/12/2020

 Causas

Todo remédio tem efeito colateral, o que não quer dizer que todas as pessoas vão senti-los. Mas é preciso estar atento à bula para identificar caso algum deles apareça.

Os remédios são compostos de diversas substâncias químicas e suas fórmulas não são totalmente conhecidas pelo corpo. Por isso, elas podem interferir em algumas funções, causando efeitos colaterais (conhecidos também como reação adversa medicamentosa), como a dor de cabeça.1,2

Procurar um médico para indicar o tratamento correto é sempre a melhor decisão, isso evita os prejuízos à saúde causados pela automedicação, como a dor de cabeça e o efeito rebote. É aconselhável também sempre ler a bula de um remédio, tanto para conhecer os possíveis efeitos colaterais, quanto para entender qual a dosagem ideal para o corpo.1

Importante pontuar que não são todas as pessoas que vão sentir os efeitos colaterais dos remédios, tudo depende da dosagem e da característica genética de cada uma, que também define qual a intensidade dos sintomas.1

Quais os efeitos colaterais mais comuns dos remédios? 

Os efeitos colaterais são reações comuns, entretanto, a maioria deles é relativamente leve, como uma dor de cabeça tensional, e passa logo que o uso do remédio é suspenso ou a dosagem regulada. Outros vão diminuindo a intensidade assim que o corpo se acostuma com o efeito.2

Os efeitos colaterais podem surgir por superdosagem, se a pessoa for sensível ao medicamento e caso seja um efeito idiossincrático (resultam de mecanismos que não são compreendidos - uma reação imprevisível).3

Para pessoas alérgicas a algum componente do remédio, é necessário um cuidado extra ao se automedicar ou até mesmo ao fazer o uso com indicação médica. Já que, nesses casos, não é somente uma dor de cabeça que pode aparecer como efeito, mas os sintomas costumam ser mais intensos e exigem o atendimento médico imediato.3

Por isso, sempre pontue qual a substância causa alergia (caso saiba), para que não exista uma reação alérgica ou para que um teste seja realizado antes da primeira dose.3

Os efeitos colaterais mais leves e comuns dos remédios costumam ser: 

  • tonturas;
  • fraqueza;
  • sudorese;
  • náusea;
  • palpitações;
  • diarreia;
  • dor de estômago;
  • úlceras;
  • dor de cabeça
  • ganho de peso.3,4

Esses efeitos colaterais são baseados em alguns dos remédios mais consumidos pelas pessoas, como: antibióticos, analgésicos, antitérmicos, anti-inflamatórios, relaxantes musculares e anticoncepcionais.4

Como evitar os efeitos colaterais dos remédios?

O primeiro passo para evitar que eles ocorram é consultar um médico antes de tomar qualquer remédio

Com a indicação correta, as doses ficam controladas - o que ajuda com o não aparecimento dos sintomas. O acompanhamento também se torna mais próximo e facilita o manejo dos possíveis problemas, como as dores de cabeça.1,2

Sempre leia a bula, nela estão informações importantes sobre os efeitos e também a dosagem ideal. Ciente do que está escrito nela, é possível que um sintoma, como a dor de cabeça, seja identificado como efeito do remédio e não por outro motivo externo, o que facilita o tratamento.1,2

Busque sempre informações e também o acompanhamento de um médico, para que, mesmo que hajam efeitos colaterais, eles estejam bem assistidos e passíveis de tratamento.

1. Efeito colateral: quem sofre, avisa. Acesso em: 26 de outubro de 2020.

2. Considerações gerais sobre reações adversas medicamentosas. Acesso em: 27 de outubro de 2020.

3. Tipos de reações adversas medicamentosas. Acesso em: 27 de outubro de 2020.

4. Sono, azia, diarreia: os efeitos colaterais de remédios usados no dia a dia. Acesso em: 27 de outubro de 2020.

Tags:

  efeito colateral

  dor de cabeça

  remédio

  efeito

Este artigo foi útil?
Sim
Não
Usuários que acharam esse artigo útil:

Recomendados para você