Exagerou nas bebidas alcoólicas e ficou com dor de cabeça?

Publicado em 01/05/2020

 Causas

Entenda como o álcool causa dores de cabeça e como evitar o sintoma.

Muitas pessoas apresentam crises de dor de cabeça após o consumo de álcool. Dependendo da quantidade ingerida, as dores de cabeça podem ser bem fortes e acompanhadas de outros mal estares gerando um quadro de ressaca. Mas entenda um pouco melhor a relação entre dor de cabeça e bebida alcoólica.4

Por que o álcool dá dor de cabeça?

O fator principal é a desidratação. Já parou para entender o por quê? É comum pensar que o álcool é diurético, pois quase todo mundo que consome bebidas alcoólicas percebe que, ao longo do consumo, a vontade e a frequência de ir ao banheiro aumentam. Isso acontece porque o álcool circulante no sangue reduz o nível do hormônio antidiurético, a vasopressina, que faz com que o corpo retenha por mais tempo a urina. Com maior eliminação de água, o organismo acaba esforçando-se mais para o sangue fluir e chegar aos órgãos e músculos, e essa condição gera estresse físico, que, no fundo, é o que provoca a dor de cabeça.1,2,3

Se já está com dor de cabeça, não beba!

Um organismo com dor está num estado mais sensível e tem os nervos sensoriais mais ativos ampliando a reação ao álcool, gerando mais estresse e mais dor de cabeça. Por esta razão é recomendável evitar o álcool.4

Como evitar que o álcool dê dor de cabeça

Mantenha o corpo hidratado: uma boa sugestão para os amantes do happy hour é tomar alguns copos de água intercalados com as bebidas alcoólicas. Desta forma, você diminui a quantidade de álcool e a desidratação.1,3

Modere na bebida: beber com moderação vai te ajudar a não elevar a concentração de álcool no sangue e vai evitar a embriaguez.1,2,3

Descanse: é normal ter aquela sensação de exaustão depois de um dia (ou uma noite) de bebedeira. Descansar permite que o seu corpo relaxe e recupere toda energia que foi gasta para eliminar o álcool do organismo.1,2,3

Não misture as bebidas: cada bebida possui um processo de produção diferente e apresenta reações químicas distintas com derivados que também podem ser tóxicos ao corpo. Misturar vários tipos de bebidas potencializa o efeito tóxico e a possibilidade de dor de cabeça.1,2,3

Evite o consumo excessivo de álcool. Opte por um estilo de vida mais saudável, beba mais água e suco para garantir que você aproveite cada momento sem dor de cabeça.1,2,3

1. Hospital Sírio-libanês. Saiba o que fazer antes e depois de ingerir bebidas alcoólicas nas festas de fim de ano. Acesso em 16 de Abril de 2020.

2. SOARES, Adriana Almeida; SILVA-NÉTO, Raimundo Pereira. A importância da água nas cefaleias. Headache Medicine, v. 8, n. 1, p. 6-10, 2017. Acesso em: 16 de Abril de 2020.

3. SCHETTINO, Marina Santos Tupi Barreira et al. Desidratação, acidente vascular cerebral e disfagia: revisão sistemática da literatura. Audiology-Communication Research, v. 24, 2019. Acesso em: 16 de Abril de 2020.

4. NOBRE, Iago. A química da ressaca. Acesso em: 23 de Abril de 2020.

Tags:

  bebida

  bebidas alcóolicas

  álcool

  desidratação

  dores de cabeça

  cefaleia

  dor de cabeça

  sem dor de cabeça

Este artigo foi útil?
Sim
Não
Usuários que acharam esse artigo útil:

Recomendados para você