Por que doenças respiratórias dão dor de cabeça?

Publicado em 02/06/2020

 Causas

Você já sentiu algum tipo de desconforto na respiração? Se a sua resposta foi sim, é bem provável que tenha sentido dor de cabeça também.

Essas doenças dificultam a respiração, o que atrapalha o funcionamento do organismo, por isso é tão comum que a dor de cabeça apareça quando alguma doença afeta os órgãos do sistema respiratório.1,2,3

Quais são as doenças respiratórias?

Existem dois tipos de doenças respiratórias: as infecciosas e as crônicas. Conheça cada uma e entenda como elas agem no organismo.

Doenças respiratórias causadas por infecção

Conhecidas como gripes e resfriados, elas são provocadas por vírus e bactérias, causando uma inflamação nas vias aéreas. Essas doenças apresentam dor de cabeça e outros sintomas leves, desaparecendo em alguns dias após o corpo eliminar o responsável pela doença. Caso não sejam tratadas corretamente podem evoluir para um quadro crônico.3

Doenças respiratórias crônicas

A asma, rinite alérgica e a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) podem ser provocadas pelo tratamento incorreto de infecções ou até mesmo por hereditariedade, aparecendo com maior frequência durante o frio. Como as pessoas ficam mais tempo em ambientes fechados, o contato com a poeira, ácaros e outras pessoas doentes, que são gatilhos das doenças, é maior. Elas apresentam fortes dores de cabeça e sintomas respiratórios mais intensos e, apesar de não possuírem cura, existem tratamentos que ajudam a diminuir a recorrência dos seus episódios.2

Doenças respiratórias apresentam a dor de cabeça como sintoma

Embora as doenças sejam diferentes entre si e possam apresentar sintomas distintos, todas interferem na respiração. A dor de cabeça causada pelas doenças respiratórias aparece por dois motivos: dificuldade para respirar e febre.

A dificuldade para respirar atrapalha a circulação do oxigênio pelo corpo. Como o cérebro precisa do oxigênio para que consiga realizar as suas funções, ele responde com fortes dores de cabeça quando recebe uma quantidade menor, por precisar gastar mais energia.2,3

Já a febre pode aparecer como um sintoma e também tem relação direta com o aparecimento da dor de cabeça. Quando a temperatura do corpo está muito elevada, o suor aumenta para tentar abaixar a temperatura, o que provoca a desidratação e também interfere no funcionamento do corpo.1,2,3

Tratando as doenças, a dor de cabeça não aparece

Como a melhor solução é a prevenção, é preciso adotar algumas atitudes no cotidiano que possam dificultar o aparecimento dessas doenças. Ao evitar os possíveis causadores das doenças respiratórias, é possível ficar sem dor de cabeça e sem outros sintomas que elas apresentam. Fique longe de ambientes empoeirados, com cheiro forte e fechados, opte por lugares abertos e com maior circulação de ar.2,3

Consulte um médico caso esteja sentindo dificuldade para respirar, ele poderá realizar o diagnóstico e passar o tratamento adequado para o seu caso. Assim, você evita toda essa dor de cabeça que as doenças respiratórias podem causar.1,2,3

1. Hospital Sírio-Libanês. Chegada do frio alerta sobre doenças respiratórias. Acesso em: 26 de Maio de 2020.

2. Ministério da Saúde. Doenças Respiratórias Crônicas. Acesso em: 26 de Maio de 2020.

3. Ministério da Saúde. Gripes e resfriados. Acesso em: 26 de Maio de 2020.

Tags:

  doenças respiratórias

  doenças respiratórias crônicas

  sistema respiratório

  episódios de dor de cabeça

  crises de dor de cabeça

  dores de cabeça

  cefaleia

  dor de cabeça

Este artigo foi útil?
Sim
Não
Usuários que acharam esse artigo útil:

Recomendados para você