Sabia que a dor de cabeça pode diminuir na menopausa?

Publicado em 20/01/2020

 Causas

Apesar da dor de cabeça sentida na TPM, no uso de anticoncepcionais e na gestação, as mulheres podem sentir menos esta dor com a menopausa.

Durante todo o ciclo menstrual, as mulheres já sofrem com as dores de cabeça provocadas por gatilhos como a TPM. Essas crises de dor de cabeça tendem a melhorar durante a menopausa. Entenda o porquê.1

Para começar: o que é a menopausa?

A menopausa corresponde ao período da ausência definitiva da menstruação, em que os hormônios femininos, estrogênio e progesterona, diminuem, em contraste com as ondas hormonais que ocorrem durante o ciclo menstrual. É justamente essa baixa dos hormônios que está diretamente conectada com a melhora das crises de dor de cabeça.1

Mas, afinal, qual a relação entre a menopausa e a dor de cabeça?

A menopausa apresenta sintomas como: diminuição da libido, ondas de calor e sintomas psíquicos, como ansiedade, nervosismo, irritabilidade, tristeza e pode causar até mesmo a depressão.

Apesar de poder aparecer no período que antecede a menopausa, a dor de cabeça pode diminuir com a sua chegada. Isso acontece porque o sistema nervoso sofre uma grande influência dos hormônios femininos. Deste modo, o estrogênio e a progesterona afetam vias nervosas que estão ligadas ao processamento da dor, por provocarem a vasodilatação, que está diretamente associada à melhora da dor de cabeça.1

Reposição hormonal dá dor de cabeça?

A reposição hormonal é a reinserção dos hormônios estrogênio e progesterona no organismo feminino para diminuir os efeitos causados pela menopausa.

Como a dor de cabeça é um sintoma recorrente em quem ainda está passando pelo ciclo menstrual, quando as mulheres recorrem à reposição hormonal, o sintoma volta a este nível. Além disso, o aumento de estrogênio no organismo provoca sintomas como sensibilidade mamária, dor de cabeça, retenção de líquido, edema, provável estímulo a leiomiomas e endometriose, em casos de reposição hormonal feita por via oral, ou seja, por comprimidos.1,2

Como evitar a dor?

Optando ou não pela reposição hormonal, é fundamental o acompanhamento de um médico durante a menopausa, de forma a monitorar os sintomas provocados e evitar complicações ou agravos de doenças que vão além de uma dor de cabeça. Quando a dor de cabeça aparece, é comum que mulheres escolham lugares mais quietos, sem muita luz, utilizem de compressas quentes ou geladas pra aliviar a dor. Muitas recorrem à automedicação, mas ela oferece riscos. Uma boa alimentação, sono de qualidade, hidratação e exercícios físicos podem ser aliados durante a menopausa. É importante que as mulheres informem-se e vejam qual atividade é a mais indicada para seu corpo.

1. RIBEIRO, Hugo José Maciel. Influência hormonal na enxaqueca. 2012. Dissertação de Mestrado. Acesso em 09 de Março de 2020.

2. OLIVEIRA, Taciana Sarmento Cardoso de. Estudo do efeito da terapia de reposição hormonal no potencial evocado auditivo de mulheres na pós-menopausa. 2012. Acesso em 09 de Março de 2020.

Tags:

  dor de cabeça

  menopausa

Este artigo foi útil?
Sim
Não
Usuários que acharam esse artigo útil:

Recomendados para você