Açúcar em alta: riscos de dor de cabeça e diabetes

Publicado em 30/09/2020

 Sintomas

Os níveis de açúcar no sangue são índices de grande importância para controlar a saúde, já que quando eles estão muito altos, podem ocasionar de dores de cabeça até o diabetes.

O diabetes é uma doença que atinge 6,9% da população nacional, cerca de 13 milhões de pessoas vivem com a doença no Brasil. É a terceira maior causa de mortes registradas.1,2

Por isso é tão importante entender o que é o diabetes e seus sintomas, para tratá-lo ou evitá-lo enquanto a doença não leva a complicações. Logo, assim que os primeiros sintomas são sentidos - eles podem ser sede em excesso e dores de cabeça - é aconselhável procurar um médico.

O que é o diabetes?

Existe no corpo um hormônio chamado insulina, responsável por quebrar as moléculas de açúcar (glicose) presentes nos alimentos, para transformá-las em energia para o organismo funcionar. 

Quando falta esse hormônio no corpo ou ele não é corretamente absorvido, os níveis de açúcar se acumulam, podendo desenvolver o diabetes. Esta doença tem dois tipos principais: tipo 1 e tipo 2.1

O tipo 1 tem ligação com o histórico familiar. A pessoa que desenvolve o diabetes tipo 1 já possui uma predisposição por conta da herança genética. Este tipo se manifesta, geralmente, entre a infância ou adolescência, porém também é possível aparecer em adultos.1,2

O tipo 2 é relacionado a outros fatores - sobrepeso, sedentarismo, hipertensão, triglicerídeos elevados e hábitos alimentares ruins - e é desenvolvido ao longo do tempo. Estes fatores também desencadeiam dores de cabeça em pessoas sensíveis e podem servir como sinal de identificação para o diagnóstico positivo ou negativo do diabetes.1,2

Quais os sintomas-chave que podem indicar diabetes?

Apesar de existirem diferentes tipos de diabetes, os seus sintomas, na maioria das vezes, são comuns. Destes, alguns podem ser considerados os sintomas-chave da doença: fome e cansaço; muita sede e vontade de urinar; e visão turva.2

A fome e o cansaço acontecem porque, com o diabetes, a insulina não é suficiente para transformar açúcar em energia, então os alimentos consumidos não conseguem disponibilizar a quantidade suficiente para as funções do dia. E estes dois sintomas também têm ligação direta com a dor de cabeça, intensificando-a.2

Já a sede excessiva e a vontade de urinar surgem porque, como o açúcar não é completamente dissolvido pela insulina, ele se acumula no sangue e precisa ser eliminado. Então, o corpo aciona outra maneira de fazer isso, que é pelos rins (que filtra o sangue e elimina pela urina).2

Logo, a pessoa com diabetes urina mais e, por perder mais líquido, também tem mais sede. Inclusive, esse excesso de urina, pode levar à desidratação, que entre outros sintomas, levam à dor de cabeça

Quando o sangue está com excesso de glicose, o cristalino (“lente dos olhos”) fica um pouco inchado, e isso causa um embaçamento na visão, tornando-a turva. Este efeito pode levar a dores de cabeça pelo excesso de esforço feito para tentar enxergar melhor, forçando, portanto, os músculos da face.2

Mas como tratar o diabetes? 

Com acompanhamento médico. Os exames indicados para identificar o diabetes são: hemoglobina glicada e glicemia. Se estiverem alterados, o tratamento mais comum é com uso de medicamentos.

Outra atitude que também ajuda, tanto a melhorar os índices de açúcar, quanto a prevenir o diabetes, é a prática de hábitos saudáveis: ter uma alimentação balanceada com frutas, verduras e legumes; diminuir o consumo de gorduras e açúcar; praticar exercícios físicos e manter um peso controlado. 

Dessa maneira, além de evitar o diabetes, também melhora a qualidade de vida protegendo de outras complicações, como as dores de cabeça. Por isso, preze por hábitos que vão tornar seus dias mais saudáveis e garanta maiores chances de uma vida tranquila e proveitosa.

1. Ministério da Saúde. Diabetes (diabetes mellitus): Sintomas, Causas e Tratamentos. Acesso em: 18 de agosto de 2020.

2. Drauzio Varella. Sintomas-chaves que podem indicar diabetes. Acesso em: 18 de agosto de 2020.
 

Tags:

  dor de cabeça

  dores de cabeça

  diabetes

  açúcar

Este artigo foi útil?
Sim
Não
Usuários que acharam esse artigo útil:

Recomendados para você