É verdade que as mulheres sofrem mais com a dor de cabeça?

Publicado em 12/08/2020

 Sintomas

Acredite: é verdade! A explicação está na quantidade de hormônios oscilando pelo corpo feminino durante todo o mês.

A dor de cabeça não é um sintoma exclusivo para mulheres, mas aparece com maior frequência nesse sexo por variados motivos. Menstruação, gravidez e menopausa são condições femininas diretamente ligadas à alteração hormonal, que causam reações, provocando a dor de cabeça ou até mesmo aliviando o sintoma, dependendo da situação. Entenda como a oscilação hormonal afeta a mulher de diferentes formas.1,2,3

Menstruação

A dor de cabeça menstrual é bem conhecida entre mulheres por ser um dos sintomas da TPM. A dor que aparece dias antes da menstruação é o resultado da redução brusca de estrogênio, hormônio que, em conjunto com a progesterona, é responsável por todas as fases do ciclo menstrual.1,2

O corpo sente essa alteração repentina e reage diminuindo o nível de outro hormônio, responsável pela sensação de bem-estar: a serotonina. Com isso, o corpo da mulher tenta suprir essa baixa, aumentando o tamanho dos vasos sanguíneos e o fluxo de sangue que flui pelos órgãos, resultando nas dores.2,3

Gravidez

Existem três cenários possíveis quando o assunto é dor de cabeça em grávidas:
- A mulher pode sofrer com dores antes de engravidar e notar alívio durante a gravidez;
- Ela pode nunca ter sofrido com a cefaleia e começar a sentir ao engravidar;
- Pode possuir um tipo de dor de cabeça antes da gravidez e desenvolver outro durante a gestação.1,3

A dor de cabeça pode diminuir nessa fase por causa das alterações hormonais. Embora os níveis dos hormônios estejam muito elevados, o estrogênio fica estável por mais tempo. Mas, apesar de as condições hormonais estarem mais equilibradas, a mulher pode sentir a dor devido ao estresse e à ansiedade comuns durante a gestação.1,2

Menopausa

Quando a mulher para de menstruar, por volta dos 45 anos, inicia a fase da menopausa. Ela pode diminuir os episódios de dor de cabeça causados pela oscilação hormonal, uma vez que o corpo não sofre mais os estímulos da menstruação.1,3

Porém, é comum que as mulheres recorram à reposição hormonal pelos efeitos da menopausa no corpo, como as mudanças de humor e a sensação de calor constante. Essa reposição pode aumentar os níveis de estrogênio e resultar na volta da dor de cabeça.2,3

Solução para a dor de cabeça feminina

Em todos os casos em que a dor de cabeça é provocada por alteração hormonal, é fundamental o acompanhamento de um ginecologista para realizar o diagnóstico, confirmar a origem do sintoma e indicar o tratamento adequado para reduzir as crises de dor.1,2,3

Evite tomar medicamentos que alteram os níveis hormonais sem a prescrição de um médico, como anticoncepcionais. Além dos cuidados com a medicação, algumas ações podem ajudar no alívio da dor de cabeça, como evitar locais barulhentos ou muito iluminados, já que eles podem piorar o desconforto sentido. Bolsas térmicas quentes ou frias também são ótimas aliadas, faça o teste e descubra a melhor para você. Todos os detalhes importam quando o assunto é o corpo feminino. Nenhuma fase da vida de uma mulher precisa ser marcada pelas dores de cabeça. A saúde vem de dentro para fora, então cuide-se hoje para viver bem amanhã.1,2,3

1. RIBEIRO, Rafaela Larsen; DE SOUZA CARVALHO, Deusvenir. Cefaléia associada aos ciclos hormonais da mulher. Revista Neurociências, v. 8, n. 3, p. 93-98, 2000. Acesso em: 30 de Junho de 2020.

2. MELHADO, Eliana Meire. Cefaleia na gestação. 2005. 235p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Acesso em 30 de Junho de 2020.

3. RIBEIRO, Hugo José Maciel. Influência hormonal na enxaqueca. 2012. Dissertação de Mestrado. Acesso em: 30 de Junho de 2020.

Tags:

  mulher

  mulheres

  alteração hormonal

  oscilação hormonal

  hormônios

  dores

  dores de cabeça

  dor de cabeça

Este artigo foi útil?
Sim
Não
Usuários que acharam esse artigo útil:

Recomendados para você