Qual a diferença entre dor de cabeça e cefaleia?

Publicado em 28/01/2020

 Sintomas

Cefaleia é o nome técnico dado para a dor de cabeça, enquanto a doença é denominada cefaleia, o sintoma é chamado de dor de cabeça. Sabe como ela pode ser provocada?

A cefaleia, popularmente conhecida por dor de cabeça, é sentida em forma de pontadas, pressão ou marteladas. Pode ser causada por inúmeros motivos, que caracterizam os tipos de cefaleia.1,2

Tipos de cefaleia

Dependendo do agente causador que afeta o organismo, apresentando sintomas distintos, a dor de cabeça é chamada de Cefaleia Tensional, Migrânea ou Em Salvas.

Cefaleia Tensional: provocada pelo estresse, acontece devido à contração muscular.3

Cefaleia Em Salvas: pode aparecer nas mudanças climáticas e acontece por conta da dilatação dos vasos sanguíneos.3

Cefaleia Migrânea: associada à infecção sistêmica, é decorrente da inflamação dos vasos sanguíneos.3

Outros fatores também podem ser agentes causadores da cefaleia, como a TPM, cigarro, bebidas alcoólicas e cafeína em excesso.3,4

Cefaleia como sintoma de doenças

Quando o sistema imunológico está fraco, doenças mais comuns, como gripe e resfriado, costumam vir à tona. Ambas apresentam a dor de cabeça como sintoma.

Além das doenças mais corriqueiras, vale lembrar que a cefaleia também pode ser sintoma de doenças mais graves, como o aneurisma cerebral e AVC. Por isso, é importante buscar um diagnóstico médico sempre que o sintoma persistir. Só assim, é possível identificar qual o tipo de cefaleia você está enfrentando.4,5

A cefaleia pode ser evitada?

Algumas atitudes podem ser aliadas na luta contra a cefaleia. Fazer caminhada, exercício físico e ter uma boa noite de sono podem manter a dor de cabeça longe. A alimentação também é fundamental para evitar crise de cefaleia, isso porque existem alimentos que possuem ação anti-inflamatória.1,5

Sempre busque orientação médica para te ajudar a entender o que pode estar causando a sua dor de cabeça.4,5

1. SANVITO, Wilson Luiz; MONZILLO, Paulo Hélio. Cefaléias primárias: aspectos clínicos e terapêuticos. Medicina (Ribeirao Preto Online), v. 30, n. 4, p. 437-448, 1997. Acesso em: 12 de Março de 2020.

2. SPECIALI, José Geraldo. Classificação das cefaléias. Medicina (Ribeirao Preto Online), v. 30, n. 4, p. 421-427, 1997. Acesso em: 12 de Março de 2020.

3. SPECIALI, Jose G. Cefaleias. Ciência e Cultura, v. 63, n. 2, p. 38-42, 2011. Acesso em: 12 de Março de 2020.

4. CAMPANA, Mayra Souza et al . Influência do clima como desencadeante de crises de enxaqueca: estudo prospectivo. Rev. dor, São Paulo , v. 13, n. 1, p. 14-17, mar. 2012. Acesso em: 12 de Março de 2020.

5. BARRETTO, Junaura Rocha; SILVA, Luciana Rodrigues. Intoxicações alimentares. 2013. Acesso em: 12 de Março de 2020.

6. ROCHA, Cinthia Francesca Barra et al. Cefaleia em salvas: uma cefaleia desafiante. Rev. méd. Minas Gerais, v. 24, n. 1, 2014. Acesso em: 12 de Março de 2020.

Tags:

  cefaleia

  o que é cefaleia

  cefaleia o que é

Este artigo foi útil?
Sim
Não
Usuários que acharam esse artigo útil:

Recomendados para você