Qual médico procurar para tratar a dor de cabeça?

Publicado em 15/02/2020

 Tratamento

Não existe apenas uma resposta para essa pergunta, já que a dor de cabeça pode ser causada por diversos motivos. Veja qual médico procurar.

A dor de cabeça é um sintoma que afeta 95% da população mundial pelo menos uma vez na vida. Isso explica porque é uma das principais razões de reclamações em consultórios. Mas você sabe qual médico procurar quando a dor persiste?1,4

Neurologista: é o médico indicado quando a dor de cabeça deixa de ser um sintoma secundário, tornando-se o principal, aparecendo, muitas vezes, sozinho. O acompanhamento de um profissional é essencial para prevenir a dor e evitar o desenvolvimento de doenças mais graves.

Ginecologista: muitas mulheres sofrem com a Migrânea Menstrual, ou seja, a dor de cabeça durante a menstruação pela queda dos níveis hormonais. É importante seguir o acompanhamento de um ginecologista para entender melhor o que está acontecendo com o seu corpo.5

Clínico geral: quando a dor de cabeça aparece acompanhada de outros sintomas, como dor no corpo, coriza e cansaço, é sinal de que o corpo está doente. Resfriado, gripe, virose e intoxicação alimentar são exemplos de doenças que podem aparecer no dia a dia, seja pela baixa da imunidade, mudança climática ou comer alimentos estragados.

Nestes casos, as doenças podem ser diagnosticadas por clínicos gerais e o tratamento varia de acordo com cada caso e sintomas. É possível tratá-las com a medicação recomendada pelo profissional e evitar o retorno da dor.2

Existem vários tipos de cefaleia e, em alguns casos, é preciso o acompanhamento de profissionais de outras áreas da saúde, como, por exemplo:2

Psicólogo: em casos de dor de cabeça provocada pelo estresse, chamada de Cefaleia Tensional, é indicado fazer o acompanhamento com um psicólogo para evitar que o nervosismo persista e possa avançar para o quadro de depressão.3

Nutricionista: a alimentação pode ser sua aliada no combate da dor de cabeça. Consulte um nutricionista para se informar sobre os alimentos que possuem ação anti-inflamatória e podem ajudar a prevenir a dor.2

Correr regularmente e estabelecer horários para um sono de qualidade podem te auxiliar na rápida recuperação, evitar o retorno das doenças e os quadros de cefaleia. Com o remédio certo, acompanhamento de um profissional e uma vida saudável, você pode viver sem dor de cabeça.2,4

1. Hospital Albert Einstein. Dor de cabeça.  Acesso em: 24 de Março de 2020.

2. BARRETTO, Junaura Rocha; SILVA, Luciana Rodrigues. Intoxicações alimentares. 2013.  Acesso em: 24 de Março de 2020.

3. SANVITO, Wilson Luiz; MONZILLO, Paulo Hélio. Cefaléias primárias: aspectos clínicos e terapêuticos. Medicina (Ribeirao Preto Online), v. 30, n. 4, p. 437-448, 1997. Acesso em: 12 de Março de 2020.

4. OLIVEIRA, Andréia Lúcia Martins de  and PELOGIA, Naira Correia Cusma. Cefaleia como principal causa de automedicação entre os profissionais da saúde não prescritores. Rev. dor [online]. 2011, vol.12, n.2 [cited  2020-03-07], pp.99-103. Acesso em: 07 de Março de 2020.

5. RIBEIRO, Rafaela Larsen; DE SOUZA CARVALHO, Deusvenir. Cefaléia associada aos ciclos hormonais da mulher. Revista Neurociências, v. 8, n. 3, p. 93-98, 2000. Acesso em: 23 de Março de 2020.

Tags:

  doutor

  cefaleia

  dor de cabeça

  médico

Este artigo foi útil?
Sim
Não
Usuários que acharam esse artigo útil:

Recomendados para você